O vereador tem a importante função de trabalhar pela cidade! É dele a atribuição de legislar e fiscalizar as políticas de uso e ocupação do solo, de transportes e mobilidade urbana, de conservação, dentre outros importantes temas relacionados ao cotidiano dos cidadãos.

E a cidade do Rio de Janeiro precisa se alinhar aos conceitos de sustentabilidade!

Eu mantenho viva a capacidade de me indignar! E ela aparece sempre que acompanho políticas praticadas no sentido de beneficiar exclusivamente os setores econômicos – em detrimento da qualidade de vida da população. Fico indignado ao ver que a oportunidade de fazer do Rio uma cidade ecologicamente mais sustentável, socialmente mais justa, economicamente mais integrada e culturalmente mais diversa se perde em nome de esquemas e tramoias relacionadas a grandes e questionáveis obras de demolição e reconstrução que fazem a alegria das construtoras.

Hoje, me sinto preparado para trabalhar por políticas para a nossa cidade que levem em conta outras prioridades. Atuo por mais de 25 anos nas causas ecológicas do Rio. Trabalhei durante oito anos na Câmara Municipal, na assessoria do então vereador Chico Alencar. Trabalhei por quatro anos na Secretaria de Meio Ambiente de Niterói, onde entrei como estagiário, passei por praticamente todas as funções, até me tornar Secretário Municipal. Fiz meu mestrado em Direito da Cidade e, em razão disso, escrevi e organizei os livros sobre o Direito Ambiental das Cidades e o Estudo de Impacto de Vizinhança.

Nas oportunidades que tive em cargos de direção de órgãos federais, como no Fundo Nacional do Meio Ambiente, no IBAMA e no ICMBio, tive condições de demonstrar minha capacidade de coordenar equipes, liderar processos e promover procedimentos decisórios com participação social. Atuei com coragem no combate às irregularidades, aos crimes ambientais e à corrupção. Fiz o que sempre defendi que fosse feito nesses órgãos!

Portanto, quero ser vereador do Rio pra avançar na luta pela Sustentabilidade, por Justiça Social e pelo Combate à Corrupção.

Minha posse como superintendente do IBAMA/RJ, com a então ministra do Meio Ambiente Marina Silva e o prof. Cândido Mendes à direita.

 

Clique aqui para conhecer meu  programa para atuação na Câmara Municipal do Rio de Janeiro.